sexta-feira, 23 de dezembro de 2016



A nova Portaria 1.109/2016, publicada no dia 22 de setembro, do Ministério do Trabalho atualiza as obrigações das revendas em relação aos frentistas e a equipamentos e uma delas é a necessidade de equipamento eletrônico de medição.
Prazo limite: 21 de março de 2017 (seis meses)
Para atender essa portaria, estamos lançando no mercado, um sistema revolucionário de medição eletrônica de combustíveis, permitindo acompanhamento do estoque 24 horas, através de computadores, celulares ou tablets, no conforto da sua casa, escritório ou em deslocamentos.

Agora os revendedores terão uma ferramenta que os deixará tranquilos quanto a segurança em seu patrimônio maior que é os COMBUSTÍVEIS, representando mais de 95% de seu faturamento.

Descriminamos ao lado alguns recursos que serão, doravante, monitorados, podendo seguramente fazer o auditoria por ocasião do pedido à distribuidora com o que efetivamente foi descarregado, além de informar se os produtos estão com a densidade dentro das conformidades.

TEMOS SISTEMA PARA CONTROLE DE TANQUES ESTACIONÁRIOS PARA EMPRESAS CONSUMIDORA FINAL, TRANSPORTADORAS, ÔNIBUS, ETC

Em breve lançaremos um mecanismo que transformará quaisquer bomba mecânica em eletrônica com controle, via wifi, rádio, gprs., podendo ser monitorada, via celulares em tempo real. 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ELIMINE O ROUBO DE COMBUSTÍVEL EM TANQUES ESTACIONÁRIOS!!!

Sr Empresário/Gestor


Combustíveis representa no custo variável de uma transportadora em entre 60 a 70%, esse insumo precioso é deficientemente controlado por maioria da empresas frotistas, muitas vezes feito manualmente. 

Os tanques estacionários das empresas são por via de regra longe do escritório ou alguns em obras, longe da vista dos gestores, ficando nas mãos de bombeiros ou motoristas.

Pensando nisso e para solucionar de uma vez essa anomalia, estamos lançando no mercado cearense, um sistema revolucionário de controle, podendo ter acompanhamento até pelo celular no conforto do seu escritório.

Nosso sistema permite controle em tempo real, confere o recebimento se estar de acordo com o que realmente foi comprador e pago e ainda informa, se houver alterações químicas, injeção de líquidos contaminado e água.
Segue em anexo apresentação institucional e caso necessite de melhores informações, estaremos disponível com agendamento de visita ou conferece call via skype.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

TECNOLOGIA NA CONSTRUÇÃO DE CASAS, PRÉDIOS, GALPÕES...

Srs Construtores/Arquitetos, empresários do ramo


Quando se pensa em construir ou reformar, relutamos pelos seguintes obstáculos: mão de obra escassa e cara, demora na execução, desperdício de materiais, tudo isso, impacta sobremaneira no custo final da obra, os cálculos dos especialistas remete a aproximadamente 40% do orçamento inicial.

Comunico com prazer e satisfação que a F2 Express e a Blok vai disponibilizar para o mercado cearense, o sistema construtivo Blok, última palavra em tecnologia para construção civil, para se ter uma pequena ideia com 02 operários montadores finalizamos uma obra de 100 m2 entre 20 a 30 dias com total qualidade e segurança. já devidamente reconhecido pelo Ministério das cidades e essa tecnologia possui aprovações de diversos órgãos reguladores, podendo ser aplicado no projeto minha casa, minha vida, entre outros, financiados pela CEF.

O sistema construtivo Blok dispensa mão de obra especializada, a conclusão da obra é 60% mais rápida e o desperdício de material é próximo a zero. Inacreditável mas é a mais pura verdade, vide vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=ZghlPTY8VIg
(caso o link não apareça na cor azul, copie e cole no seu navegador)

O sistema construtivo Blok possui tecnologia embarcada, utiliza paredes adensadas, eliminando as pesadas fundações e os ultrapassados tijolos, o EPS proporciona isolamento térmico e acústico, reduzindo entre 18 a 22º a temperatura interna, além de suportar abalos sísmicos e contra fogo. Não é aplicado madeiramento com isso não agredimos ao meio ambiente, se tornando ecologicamente correta, entre inúmeras outras vantagens.

Melhores informações acesse ao site: http://www.blok.ind.br/site/ ou através dos fones: 85 3271.1498 - 85 98971.5556(whatsapp) ou skype: f2express - estudamos parcerias.



quinta-feira, 10 de novembro de 2016

BRASIL É O 4º PAÍS MAIS CORRUPTO DO MUNDO!!!


O Brasil é a 4º nação mais corrupto do Mundo, está atrás apenas do Chade, da Bolívia e da Venezuela, que lidera o ranking. A corrupção é um dos elementos que a organização suíça inclui em seu índice anual de competitividade, baseado em uma pesquisa com 15.000 líderes empresariais de 141 economias do mundo.



As três perguntas feitas a esses executivos foram: “O quanto é comum o desvio de fundos públicos para empresas ou grupos?”; “Como qualifica a ética dos políticos?”; e “O quanto é comum o suborno por parte das empresas?”. Em uma escala de um a sete, em que, quanto maior a nota, maior é a transparência, o Brasil recebeu 2,1, segundo análise publicada pela Business Insider. Em um estudo divulgado pela Transparência Internacional, no início do ano, o país ficou em 76º colocado em uma lista sobre a percepção de corrupção do mundo entre 168 países.
Entre as 10 nações mais corruptas do ranking do Fórum Econômico Mundial, cinco são latino-americanas: Venezuela, à frente, com nota 1,7; Bolívia, com 2; Brasil e Paraguai, ambos com 2,1; e República Dominicana, com 2,2--, mas que não são membros da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o think tank a cujo pertencimento define a fronteira entre os países industrializados ou não.






AS NAÇÕES DESENVOLVIDAS MENOS TRANSPARENTES


Segundo o Foro Econômico Mundial, os países desenvolvidos com maiores índices de corrupção são:
1. México (2,5)
2. Eslováquia (2,7)
3. Itália (3,1)
4. Hungria (3,1)
5. Grécia (3,2)
6. República Tcheca (3,3)
7. Espanha (3,4)
8. Coreia do Sul (3,5)
9. Polônia (3,7)
10. Eslovênia (3,7)
(Fonte: BusinessInsider )

Um relatório do Fórum publicado em junho assinalava a corrupção como o maior problema que a América Latina precisa enfrentar, segundo seus líderes políticos e empresariais. Escândalos como o da Petrobras, no Brasil, as acusações contra a ex-presidenta da Argentina Cristina Kirchner e o suborno de que é acusado o ex-governante guatemalteco Otto Pérez-Molina mantiveram a região estagnada, nesse aspecto, em relação aos índices de 2014 e 2015.
O México aparece entre os primeiros lugares do mundo desenvolvido com o mais complexo e abrangente de seus problemas: a corrupção. O Fórum Econômico Mundial coloca o país como a décima-terceira nação mais corrupta do mundo. Mas, excluindo-se da lista os países menos industrializados, o México fica com a liderança. Segundo o Fórum, o fator que o eleva ao primeiro lugar é o crime organizado.
O caso do México, no entanto, parece ser o mais alarmante, por se tratar de uma economia mais avançada do que a dos demais países da região. No índice global de competitividade, ele ocupa o 51º lugar de um total de 138, tendo subido seis pontos graças a uma eficiência maior de seus mercados, e mantém uma longa série de fatores que assustam os investidores: a corrupção, o mais grave, é seguida pelo crime organizado e outros fatores administrativos como a ineficiência da burocracia e a política fiscal.
“A educação básica continua a ser uma fragilidade significativa para a sua competitividade se comparada a outros líderes regionais e mundiais, além do fato de que a qualidade institucional recuou. A economia mexicana foi atingida pela queda dos preços do petróleo, um comércio internacional fraco e a consequente queda na produção industrial”, assinala o Foro em seu texto sobre o México.

Crise ambiental urbana

A corrupção nesse país latino-americano não apenas afeta negativamente a possibilidade de realização de negócios, de acordo com o índice, mas também atinge o seu meio ambiente. Em março, a capital mexicana passou pela sua pior crise ambiental em 14 anos: a poluição do ar subiu a níveis perigosos para a saúde da população e o Governo local aplicou um polêmico programa para reduzir imediatamente o nível de partículas tóxicas.
Em relatório publicado em maio, o próprio Fórum relatava uma série de práticas que frustram as tentativas realizadas de melhorar a qualidade do ar: subornos nos centros de verificação veicular; transportes públicos sob controle privado, o que fragiliza a fiscalização; e “malversação de fundos na nova linha do metrô da Cidade do México, inaugurada em 2012 e fechada pouco depois devido a falhas estruturais.
Fonte: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/03/internacional/1475517627_935822.html?0p19G=c

terça-feira, 8 de novembro de 2016

GASOLINA CAI 3.1%¨E DIESEL 10,4% - MOTIVO: IMPORTAÇÃO A PREÇOS BAIXOS

Petrobras informou nesta terça-feira (8) que decidiu baixar novamente o preço dos combustíveis nas refinarias para que fiquem mais alinhados com os preços no exterior. A gasolina ficará 3,1% mais barata, em média, e o óleo diesel, 10,4%. 
A mudança é no preço das refinarias, o que significa que o preço final para o consumidor pode não cair, necessariamente, na mesma proporção. 
Se esse reajuste for repassado ao consumidor integralmente, a gasolina pode cair 1,3% ou R$ 0,05 por litro e o diesel, 6,6% ou cerca de R$ 0,20 por litro, calcula a estatal.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

COMBUSTÍVEL ROUBADO... COMO EVITAR ESSE CÂNCER NA MINHA EMPRESA?

Srs Transportadores

Finalmente chegou uma ferramenta certa para controlar a quantidade de líquidos dos seus caminhões em tempo real. Agora sua empresa terá como controlar no computador, celular, tablet, do conforto do escritório, residencia, posto de combustível, base de petróleo, etc.
monitorando desde o abastecimento até a entrega ou seja, é a mesma coisa de você tá dentro do caminhão.

Nossa sonda, robusta, única em aço inox, envia dados via wi-fi, gprs ou satelital, quando instalada dentro dos tanques dos caminhões comboio fornecerá em tempo real a quantidade do líquido transportado, grau de temperatura, entre outros dados, independente se for gasolina, álcool, diesel, arla 32 ou até mesmo água.

Todos sabemos que existem maus profissionais em todos os segmentos e não é diferente na área de transportes de líquido, principalmente por esses terem seus valores agregados extremamente expressivos. Nossa malha rodoviária estar repleta de postos clandestinos, comprando e adulterando produtos, isso é fato. vide diversas reportagem nos links abaixo:
http://f2expressconsultoria.blogspot.com.br/2015/03/mais-de-160-pontos-de-venda-ilegal.html
http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2016/06/deic-desarticula-quadrilha-que-vendia-combustivel-roubado-e-adulterado-em-piracicaba.html
http://g1.globo.com/ceara/noticia/2016/06/trio-preso-no-ce-e-suspeito-de-furtar-gasolina-e-vender-o-litro-por-r-250.html

Nossa solução eliminará definitivamente roubos desvios ou adulteração, pois informará em tempo real informações de movimentação do líquido nos deslocamentos, com isso proporcionará um aumento substancial nos lucros da sua empresa, além do diferencial perante a concorrência, no que diz respeito a segurança que o produto transportado terá um selo de inviolabilidade.

Informações adicionais: fcomorais.sp@gmail.com - skype: f2express - 85 98971.5556 (Whastappp)

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

TANQUES ESTACIONÁRIOS COMO CONTROLAR O COMBUSTÍVEL EM TEMPO REAL?

Caros

É com grande prazer que a F2 Express Sat e Energy em parceria com a Martplore Tecnologia, informa que após longo período de pesquisas, vem disponibilizar para o mercado um sistema de controle de combustíveis, álcool, Arla 32 e outros produtos líquidos em tempo real, devidamente patenteado, via GPRS ou Wi-fi, destinado exclusivamente para empresas de petróleo, TRR's e consumidores finais.

Nossa sonda é a única confeccionada em aço inox com tecnologia embarcada emite sinais via wi-fi e gprs, fornecendo toda a movimentação de combustíveis, temperatura, etc em tempo real para quaisquer servidor ou smartphones, eliminando controles manuais, além de detectar roubos, desvios ou adulterações e made in Ceará e o mais importante com preços inimagináveis.

Nossa parceria tem ampla expertise na área de petróleo e gás, com patente em automação de bombas. Fornecemos para todo Brasil.

Interessados poderá nos contactar pelos telefones abaixo:

terça-feira, 6 de setembro de 2016

ANP E MUDANÇA DE BANDEIRA

Antigamente existia o acordo de não agressão, quanto a mudança de marca em postos de combustíveis, principalmente no âmbito do SINDICOM, eles se respeitavam. Recentemente estamos vendo absurdos, distribuidoras do próprio sindicato pintando em cima da marca do colega do cartel, a coisa tá caminhando para o caos, estão usando marketing de guerrilha, vamos ver até onde vai, penso que, se a Petrobras não voltar a ter voz ativa, nós consumidores que elegemos um determinado posto pela qualidade e marca, no dia seguinte já encontramos outra marca, mas a qualidade...?

Vejam como é simples, mudar de bandeira...

"Há alguns meses, o Minaspetro enviou   questionamento   formal   à  Agência  Nacional  do  Petróleo,  Gás   Natural   e   Biocombustíveis   (ANP)  acerca  dos  procedimentos  necessários  para  a  mudança  de  marca   comercial   dos   estabelecimentos,  visto  que  a  Resolução  ANP nº 41/13, em seus artigos 11, inciso I, e 25, § 1º, deixa dupla interpretação  sobre  o  assunto.  No final de maio, o Minaspetro obteve  os  esclarecimentos  por  parte  da Agência.



Segundo o órgão, caso o revendedor exiba uma marca comercial de distribuidor de combustíveis e queira se tornar bandeira branca, não  ostentando  nenhuma  marca, deverá encaminhar a Ficha de Atualização  Cadastral  de  marca  comercial  para  a  ANP  e  terá  até  15 dias, a contar da data do envio, para  retirar  todas  as  referências  visuais da marca comercial do distribuidor antigo. Além disso, será necessário  identificar  diretamente em cada bomba medidora, dos dois lados, a razão social, o nome fantasia  –  se  houver  –,  e  o  CNPJ  do novo fornecedor. Nem mesmo a  disposição  das  cores  da  antiga  distribuidora  poderá  permanecer.  Toda  a  caracterização  da  marca  comercial  do  distribuidor  antigo deverá ser retirada dentro do  mencionado  prazo  (bombas,  testeira,  totem,  placas,  macacões  de funcionários, etc).
Este     mesmo     procedimento     citado   anteriormente   deve   ser   adotado   pelo   revendedor   que   queira   trocar   de   uma   bandeira   diretamente para outro distribuidor,  sem  se  tornar,  antecipadamente,  bandeira  branca.  A  partir  da   data   em   que   o   revendedor   protocolou sua Ficha de Atualização Cadastral de marca comercial junto  à  ANP,  já  poderá  adquirir  combustíveis  de  qualquer  distribuidor.
Até  que  o  processo  de  alteração  da  bandeira  seja  atualizado  no  site  da  Agência,  a  distribuidora  deve  anexar,  em  cada  nota  fiscal  de  venda  do  combustível,  cópia  do  protocolo  de  envio  da  Ficha  Cadastral  à  ANP  realizado  pelo posto revendedor.
E todas as alterações cadastrais, que devem ser  obrigatoriamente  comunicadas  à  ANP  (razão  social,  endereço, sócios, equipamentos e marca comercial),  poderão  ser  enviadas  pelos correios (procedimento antigo) ou já podem ser feitas através  do  Sistema  de  Registro  de  Documentos   (SRD-PR),   disponível no endereço eletrônico: www.anp.gov.br."
Fonte: Minaspetro

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

ECO-BARRACA SOLAR - CARREGADOR DE CELULAR GRATUITO

Caros amigos

Recentemente o Centro de Tecnologia de Informação aplicada EAESP - FGV em seu 27º relatório
anual informa que o Brasil conta com mais de 244 milhões de dispositivos conectados a internet dos quais 71% são smartphones 1,2 por habitante. Nosso país continua acima da média mundial nesse quesito, sendo que a maior queixa dos usuários é a baixa duração de suas baterias e quando indagados qual seu maior desejo, mais de 80% gostaria de ter acesso fácil a carregadores em seus deslocamentos e esse número amplia se consultado aos usuários do jogo eletrônico free-to-play, Pokémon GO, desenvolvido para smartphones.

Nossa empresa pensando nisso, consorciado ao respeito com o meio ambiente e o uso gratuito de fontes de energia renováveis, vem respeitosamente informar que fechamos parceria com exclusividade com uma empresa "start up" do sul do país que desenvolveu a Eco-barraca solar, cujo CEO recebeu o prêmio "Jovem empreendedor" do O Globo FGV.

Trata-se de equipamento de baixíssimo valor mas de uma importância fundamental, destinado a recarregar celulares, tablets ou quaisquer gadjets, sem custos nenhum de energia elétrica da rede, possuindo bateria que poderá ser agregada power-bank de larga durabilidade, ideal para eventos, festas, passeios, áreas turísticas, barracas de praia, hotéis, resorts, restaurantes, universidades, passeios ao ar livre, etc.

Esse equipamento certamente elevará consideravelmente o fluxo em seu estabelecimento comercial ou turistico com consequente incremento em suas vendas.

Interessados podem nos solicitar através do email: fcomorais.sp@gmail ou do skype: f2express
melhores informações, enviaremos apresentação institucional para futura deliberação.

Atender a demanda do cliente... essa é a formula do sucesso!!!

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

PETRÓLEO - CEARÁ MERCADO SERÁ ABERTO?

Caros amigos

Boas notícias para os cearenses, o governo do estado deverá nos próximos dias publicar nova licitação em consonância com o decreto lei nº 31728 de 26/05/2015, que deu prazo até 31/12/2015 para as distribuidoras de petróleo construíssem e se transferissem para um terreno próximo ao porto do pecém, fato que não aconteceu, essa desobediência também ocorreu no governo passado, que tinha estipulado até 31/12/2014. Essas empresas preferem deixar um estopim aceso em toda região do Mucuripe e para essas empresas de petróleo o dinheiro vale mais do que vidas, diferente do governo de Pernambuco que sua nova e moderna tancagem em Suape possui mais de 16 empresas, se digladiando no mercado, oferecendo empregos e benefícios para a população daquele estado.

Me parece que o Gov. Camilo Santana, tá mais determinado em solucionar esse impasse e fazer cumprir a lei, hoje tem apenas 02 distribuidoras Petrobras e Shell, que monopolizam o mercado, todo petróleo que entra no Ceará, passa por ambas felizardas, armazenando mais de 200.000 m3 mensalmente com abertura para apenas 03 players, Ipiranga, ALE e SP, são só 5 players que será transformado brevemente em 04, a Ipiranga comprou a ALE, ou seja, a população não tem opções, por isso, pagamos caro, como venho dizendo "somos um mercado fechado".

Torcemos para que nessa queda de braço o governo ganhe e que as petrolíferas tomem vergonha na cara e construam suas tancagem, mais modernas, mais segura, onde prevalecerá o sistema de carregamento "botom" 5x mais rápido o carregamento perante o sistema "top" atualmente em uso nas bases do Mucuripe, consequentemente, melhorando a questão logística.

Aos Senhores CEO's, Diretores de outras distribuidoras que tenham interesse construir uma base promissora ou fazer parte do Pool, me coloco a sua disposição para assessorá-los na medida do possível, auxiliando na compra de terreno e indicação de construtora com capacidade técnica, etc.

Segue meus dados para contato:
Fone: 85 3271.1498 (fixo)
Fone: 85 98971.5556 (whatsapp)
Skype: f2express

P.S.: Próxima semana teremos melhores informações.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

PORQUE OS PNEUS PRECISAM DE MAIS ATENÇÃO

Estudos recentes demonstraram que 2 em cada 3 veículos pesados têm rodas e eixos desalinhados, o que é um grande desperdício quando se trata de eficiência energética. Ao trabalhar com pneus corretos, na pressão ideal e com eixos alinhados, o consumo de combustível pode ser reduzido em até 14% num veículo pesado.
Em um estudo realizado pela Volvo, juntamente com a Michelin, em seu circuito de teste na Suécia mostrou que a escolha adequada de pneus pode reduzir o consumo de combustível em até 11%. Eixos e rodas corretamente alinhados podem economizar mais 2,5%. A pressão correta dos pneus reduz o consumo em mais 1%, o que totaliza um potencial de economia de combustível de 14%. Fatos pouco surpreendentes quando se sabe que os pneus podem influenciar o consumo de combustível de um veículo em até um terço.
Fonte: Volvo


terça-feira, 19 de julho de 2016

PETRÓLEO - CEARÁ MERCADO FECHADO!: PARCERIA F2 EXPRESS X SAVETYRE - ERA O QUE FALTAVA...

PETRÓLEO - CEARÁ MERCADO FECHADO!: PARCERIA F2 EXPRESS X SAVETYRE - ERA O QUE FALTAVA...: Caros Nossa empresa sempre preocupada em oferecer à nossos clientes e amigos novos produtos que gerem economia e sustentabilidade ambient...

PARCERIA F2 EXPRESS X SAVETYRE - ERA O QUE FALTAVA... CONTROLE DE PNEUS

Caros

Nossa empresa sempre preocupada em oferecer à nossos clientes e amigos novos produtos que gerem economia e sustentabilidade ambiental, há mais de uma ano vinha negociando e fechou parceria com a SAVEWAY® empresa dedicada a desenvolver soluções para controle e automação em situações de difícil administração, proporcionando economia e segurança, essa parceria trará certamente enormes benefícios para as empresa de transportes e logísticas.

A solução SAVETYRE® é uma solução para gestão de pneus que pode trazer uma redução significativa de custos por Quilômetro rodado de sua frota.
Testes comprovam que a gestão de pneus com SAVETYRE® permite um aumento de até 30% na vida útil do pneu, uma economia de até 3% no consumo de diesel* e uma redução do impacto ambiental. Além disso, é uma importante ferramenta de combate a fraudes.

“O Savetyre® reduz o tempo de coleta de dados de pneus para 1/6 do tempo tradicional, entregando ainda maior precisão e confiabilidade. Por isso, a massa de dados para processamento é maior e mais relevante. Com isso o gestor consegue reduzir custos e entregar valor ao seu cliente, aumentar consideravelmente sua lucratividade nas operações. 

Os benefícios da solução 
Savetyre®
  • Disponibilidade de frota: Reduz tempo do downtime (Verificação dos pneus em uso)
  • Otimização RH: Reduz tempo de coleta de dados
  • Rastreabilidade: Realiza acompanhamento de desempenho (sulco, pressão, desgaste precoce, km/mm, etc, durante toda vida útil do pneu
  • Segurança patrimonial: Elimina desvios e furtos - ID único
  • Gestão de ativos: Controle de todos os processos, incluindo carcaças reformadas, envio e retorno das recapagens.
  • Previsibilidade e programação: Controle de previsão de troca e Km restante de um pneu
  • Coleta de dados: 100% confiável
  • Integração 1: Completo compartilhamento de dados para inventário
  • Integração 2: Compatível com os principais softwares de monitoramento e rastreamento 
Finalizando, temos ampla cobertura nacional, nosso clientes num futuro próximo terá estações em locais estratégicos para coletar dados em diversos estados da federação e esses dados serão disponibilizados para melhor análise do setor de manutenção e controle de ativos das empresas.

Outras informações, estaremos disponíveis nos telefones abaixo:
85 3271.11498
85 98971.5556
Skype: f2express
fcomorais.sp@gmail.com




quarta-feira, 13 de julho de 2016

CINCO MOTIVOS PELOS QUAIS VOCÊ DEVE IR DE BICICLETA ELÉTRICA PARA O TRABALHO

As bicicletas elétricas fazem cada vez mais parte do cenário urbano. Para entender melhor essa onda que promete não ser passageira, o blog preparou uma lista com cinco motivos pelos quais você deve ir pedalando uma dessas para o trabalho, caso este seja perto de sua casa. As informações foram retiradas da Veloseguro, uma empresa especializada em seguro para ciclistas.
Economize dinheiro

Evita pagar estacionamento e outras despesas que você teria indo com um carro. Também foi feito um cálculo que um ciclista de 70kg, pedalando por um terreno plano usando a potência média de sua bicicleta elétrica, poderá percorrer 50km, por um valor de R$ 0,56 gastos com a energia da recarga. Para percorrer a mesma distância de carro seriam gastos em média R$ 28,00. Pegar ônibus também não tem sido muito econômico já que a tarifa no Rio está em R$ 3,80.
Sem poluição
Ao pedalar para o trabalho, mesmo que seja numa bicicleta elétrica, você não polui o meio ambiente. Ao pegar um táxi, carro ou ônibus para o trabalho, que são as principais alternativas de transporte público no Rio, você acaba contribuindo com a emissão de monóxido de carbono (CO).


Não perca tempo no trânsito


O trânsito carioca é mais incompreensível do que as nada saudosas convocações de Dunga, ex-treinador da seleção brasileiro de futebol. Um trajeto que você faz em dez minutos hoje pode levar uma hora mais amanhã - ou vice-versa - mesmo que as duas corridas tenham sido feita no mesmo horário de um dia de semana. E, na maioria das vezes, não dá para se ver os motivos dessa disparidade. De bicicleta, entretanto, é possível ter um gerenciamento sobre isso. O ciclista não fica refém dos problemas do trânsito e consegue estabelecer um tempo médio para percorrer determinado trajeto. Mas, claro, apesar de não ser refém dessas leis, é fundamental respeitá-las.
Evite o suor e desgastes em ladeiras
Estamos no inverno, mas o Rio é uma cidade quente. E são raros os que conseguem chegar ao trabalho sem suar. A solução é tomar um banho no vestiário da "firma" antes de começar as atividades. Com a bicicleta elétrica, no entanto, é possível evitar esse desgaste e o suor. O Rio também é uma cidade com muitas montanhas e, consequentemente, com muitas ladeira. ter que subir uma delas para chegar ao trabalho pode ser desgastante. Mas a bicicleta elétrica faz isso para você.
Diminui o risco de roubo

As bicicletas elétricas podem ser mais caras, mas, por outro lado, são mais difíceis de roubar do que as bicicletas tradicionais porque muitas exigem uma chave especial e são mais pesadas. No entanto, tratando-se de "hell de janeiro", é melhor garantir um lugar seguro para deixar sua bicicleta elétrica, mas o lado bom é que ela não exige o espaço de um carro para ser guardada. Hoje, existem modelos dobráveis que ajudam a resolver este problema do espaço.

Fonte: O Globo 12/07/2016

Nota do blogueiro:
VANTAGENS PARA FORTALEZA
SAÚDE - É a principal mas caso esteja cansado a bike te auxiliará a chegar no seu destino.
Enumeramos algumas outras vantagens, tais como:
1 - Pode utilizar as ciclovias
2 - Mais parecida com bike normal
3 - Aprovado pelo Revista Superinteressante
4 - 3 marchas shimano
5 - Amortecedores dianteiro
6 - Pronta entrega em Fortaleza
Interessados ligar ou passar email para
85 98971.5556 - fcomorais.sp@gmail.com

quarta-feira, 15 de junho de 2016

MAIS UMA PORRADA NO SOFRIDO MERCADO CEARENSE DE PETROLEO


O estado do ceará definitivamente não tem vocação para o ramo de petróleo, apesar de termos sido enganado nos últimos 8 anos que teríamos uma refinaria prêmio pelos Petistas, geraria mais de 100.000 empregos diretos e indiretos e com isso incrementaria substancialmente esse mercado bilionário, mas infelizmente era só enganação e politicagem para enganar o povo e angariar votos.

O atual governador estabeleceu no decreto Nº 31728 DE 26/05/2015 que as distribuidoras teria que transferir suas operação do Mucuripe para o Pecém até,,, disse "até" 31 de dezembro 2015 e as riquíssimas distribuidoras que operam no Ceará não tomaram conhecimento da lei, vide matéria: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2015/05/governo-do-ce-da-novo-prazo-para-empresas-de-combustiveis-deixarem-porto.html

Se não bastasse isso a nossa Petrobras para sair do atoleiro, pratica e baliza preços elevados, acima do mercado internacional e é claro, suas concorrentes estão achando engraçado porque crescem financeiramente com essa deficiência, quem paga o pato... claro, nós, o povo. O doloroso é que ninguém poderá fazer nada porque tão dizendo que a porra do "petróleo é nosso", se isso fosse verdade já teria vendido minha parte.

Voltando ao querido Ceará, nós somos o sonho de consumo de donos de distribuidoras em todo Brasil, motivo é simples, atualmente só existe 05 players no mercado: BR, Shell, Ipiranga, Ale e SP.

Agora com a compra da ALE pela Ipiranga, reduzirá para 04, um mercado de consumo superior a 160.000 m³ se dividirmos por 4 ficará 40.000m³ para cada, agora, pasmem!!!, um lucro médio por litro de R$ 0,15, multiplicados por aqueles 40,000m³ litros, citados anteriormente, teremos um lucro bruto por distribuidora de R$ 6.000.000,00 (Seis milhões de reais) mensais e se anualizarmos chegaremos a casa dos R$ 72.000.000,00 (Setenta e dois milhões de reais). É pouco ou quer mais?

Agora, só existe um culpado, o governo do estado do Ceará que absolutamente não age, fica assistindo o povo pagar caro o litro da gasolina, porque não existe competitividade entre as distribuidoras locais, diferente de Pernambuco que atualmente tem mais de 16 se digladiando.

Falta vergonha na cara dos nossos políticos que não querem vê esse descalabro imposto por esse cartel que só pensam nos seus bolsos, dando um dedo à população, será que eles não se lembram que as eleições estão aí batendo à nossa porta e quem sabe dessa vez os "inocentes úteis" poderá perder um pouco da sua inocência nordestina e votarão com mais consciência. É o que esperamos.



terça-feira, 7 de junho de 2016

COMO EVITAR ROUBO DE COMBUSTÍVEL NA CADEIA DE SUPRIMENTOS...

Srs CEO's/Gestores de frota

Apresento-lhe a mais completa e mais robusta solução para  controle de combustíveis  do mercado, garantindo às empresas uma 
economia na ordem de 20 a 50% e um ROI (retorno do capital investido) de 03 a 6 meses. Os medidores de nível LLS da Omnicomm instalado nos tanques proporcionará um controle de 100% do combustível em tempo real, razão pela qual as grandes empresas de transportes e implementos agrícolas estão migrando para nossa solução.

Como evitar o roubo de combustível na cadeia de suprimentos? 

setor de petróleo estar no olho do furacão da maior crise já vivenciada em nosso país, turbulências essas, segundo os especialistas ultrapassará o biênio 2017/18 e sem dúvida a área mais atingida é transportes e logística. 
Baseado nesse péssimo 
prognóstico, os gestores inteligentes estão buscando soluções visando economizar combustíveis, por ser um dos itens de maior impacto na planilha dos custos variáveis das empresas, chegando a atingir acumulativo em torno de 70%, manutenção 14,5%, pneus 12%, outros 3%, Atualmente esse item de fundamental importância é controlado apenas através das médias, as quais são facilmente adulteradas, modificadas ou afetadas, por "n's" motivos, tais como manutenção, pneus, estrada, peso da carga, humor do condutor, etc.

Operacionalizar uma frota de forma eficaz e rentável nesse período de crise precisa-se ampliar e melhorar toda a cadeia de controles, caso contrário as perdas serão irrecuperáveis. Nossa solução auxiliará jogando luzes nas anomalias e ao mesmo tempo apresentará as soluções para as devidas correções, principalmente na deficiência comportamental dos motoristas e condutores. 

Roubos, desvios e adulterações de combustíveis durante trajetos ou no momento do abastecimento será coisa do passado, só com a eliminação desses expedientes escusos a empresa terá uma redução considerável nos seguintes itens:
  • Gastos elevado com combustíveis
  • Gastos elevado com manutenções corretiva e preventiva
  • Downtime do veículo
  • Perda de serviços ou negócios

Omnicomm - fuel consumption control for fleet management systems, sistema de gerenciamento e controle de consumo de combustíveis em veículos frota, made in Russo, tecnologia de ponta, conectado ao modo CAN dos veículos, fornecerá telemetrias inteligentes em tempo real, sempre focadas para redução do consumo e falhas na direção. 

Nossos equipamentos: 
  • São usados nos setores de transportes e logísticas, além de indústrias como construção, agricultura, minerais, madeira, petróleo & gás, construção de estradas e muitas outras.
  • Permitem monitoramento do consumo de combustível, identificação de localização do veículo, entre outros parâmetros, tudo em tempo real.

Omnicomm é uma marca conhecida entre os profissionais do mercado de gestão de frota por sua confiabilidade, precisão e ótimo desempenho de seus equipamentos. Não tendo zonas inoperantes, seus rastreadores utiliza dois sistemas de posicionamento global, o GPS (americano) e GLONASS (Russo), totalizando uma constelação de 48 satélites e o nosso software de controle de gestão "in cloud " é prático, fácil e sem limitações de usuários, fornecendo relatórios e telemetrias, tais como:
  • Auditoria do volume abastecido com o valor efetivamente pago
  • Detecção abastecimento em tempo real (data, local, hora e volume)
  • Detecção drenagens em tempo real (data, local, hora e volume)
  • Consumo do veículo parado com a ignição ligada por mais de 5 minutos
  • Integração de caminhões com tanque estacionário (diesel)
  • Sistema estacionário permite configurar pedidos automáticos ao distribuidor de combustível e afere cada abastecimento e muito mais...
Cadê meu combustível... será que estar aqui??
Recentemente a PRF Polícia Rodoviária Federal do Estado do Paraná a pedido do SETCARPAR Sindicato de Transportadores de Cargas do Estado, fez um levantamento nas estradas daquele estado e foi detectado mais de 160 pontos de compra e venda ilegais de combustíveis, vide matéria nos links abaixo

Interessados favor enviar email para fcomorais.sp@gmail.com ou skype: f2express, enviaremos apresentação e vídeo institucional.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

BICICLETA ELÉTRICA - O FUTURO EM TRANSPORTE CHEGOU - OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

Caros amigos

É possível que saibam que a nova lei das "cinquentinhas", farão com que milhares de usuários desse meio de transportes sejam proibidos de transitarem normalmente nos centros urbanos, essa má notícia caiu como uma bomba no mercado, deixando vários "cinquenteiros" com calça curtas, pois precisam se adequarem a nova legislação e isto custará muito caro, além de que seu patrimônio perdeu um tremendo valor, vide matéria abaixo:
http://www.motonline.com.br/noticia/somente-habilitados-poderao-pilotar-cinquentinhas/

Segundo recente pesquisas com mais de 5000 ciclistas em todo Brasil, mais de 42% afirmaram que usam suas bikes diariamente para trabalhar em função da rapidez e praticidade e o maior índice de utilização fica Recife, Rio e Brasilia, com 89%, 81% e 77% respectivamente. Baseado nesses dados e a necessidade de tirar carros das ruas, as prefeituras das capitais vem investindo milhões em ciclo-vias, mas ainda faltam usuários, gerando uma série de desconforto a grande parte da população que veem na sua frente ciclo-vias sem movimento, principalmente os comerciantes que perderam seus respectivos estacionamentos.

A BICICLETA ELÉTRICA será a bola da vez para substituir as cinquentinhas, só elas podem utilizar as ciclo-vias. O uso desse modal de transportes será uma questão de tempo, por vários motivos e um deles é a fluidez no trânsito e também, é claro, o custo de combustível. Essa mudança de paradigma ocorrerá por gravidade num espaço menor do que imaginamos. vide case de sucesso na revista Exame: http://exame.abril.com.br/pme/noticias/brasileiro-vai-ate-a-china-e-traz-uma-ideia-de-r-10-milhoes

Estamos numa BUSCA IMPLACÁVEL E URGENTE por parceiros investidores para viabilizar nossa fábrica no PIM Pólo Industrial de Manaus e dar up-grade no processo, informando que já temos toda aprovação da SUFRAMA, com isso os custos de produção reduziram na ordem dos 85%. mais de 200 clientes ativos em 14 estados e nossa meta de produção será em torno de 5.000 bikes mês com faturamento anual acima dos R$ 200.000.000,00.

Aos interessados, fornecerei informações adicionais, bem como uma apresentação institucional da empresa. Favor contactarem nos telefones abaixo: 85 3271.1498 - 98971.5556 (whatsapp) - Skype: f2express - fcomorais.sp@gmail.com


  

quinta-feira, 5 de maio de 2016

SISTEMA QUE ELIMINA DESVIOS DE COMBUSTÍVEL DURANTE ABASTECIMENTOS.

Caro amigos

Temos a satisfação de informar que fechamos parceria com a Martprore tecnologies, empresa 100% cearense com larga expertise em hardware para postos de combustíveis e automação comercial, dentro outras aptidões.

Iniciamos lançando no mercado nacional um dispositivo eletrônico via wi-fi, devidamente patenteado, ao ser ligado em qualquer bomba de abastecimento, informará as vendas em tempo real e remotamente, bem como permitirá alterações de preços, fechamento do caixa, etc.

O posto de combustível terá também condições de liberar o acesso aos seus clientes fidelizados, principalmente aos frotistas que normalmente enviam seus funcionários para acompanhamento por ocasião do abastecimento, isso será coisa do passado.

A Mart-frotas Solutions deixará pra trás também, as tecnologias convencionais, eliminando lançamentos de abastecimentos em planilhas a posteriori, como também uma prática comum, que é largamente utilizada por maus profissionais, nota fiscal diferente do que efetivamente foi abastecido.

As empresas que possuem postos de abastecimentos próprios, mesmo que se utilizem de equipamentos analógicos, nossa Mart-fotras solutions permitirá transformá-los em digitais com baixo custo.

Melhores informações: fcomorais.sp@gmail.com - Skype: f2express ou 85 98971.5556

    

terça-feira, 12 de abril de 2016

GASOLINA 100% MAS CARA EM COMPARAÇÃO COM O PREÇO INTERNACIONAL

Nós, brasileiros realmente temos os políticos que merecemos, enquanto o mercado internacional estar em queda, continuamos a pagar 100% a mais no preço dos combustíveis e estão tentando nos convencer que é NORMAL, porque anteriormente era o inverso, então a pergunta que não quer calar:

E O QUI QU?
(abreviatura no dialeto cearês de: o qui que tenho com isso.

Nós, brasileiros não pedimos isso, se foi falha do maior acionista e controlador que se utilizou desse artificio para se eleger em detrimento de falir a Petrobras é um problema que não podemos absolver, mesmo que digam que a Petrobras é nossa, porra nenhuma, se fosse já teria vendido minha parte.

Agora, o que a Petrobras pode fazer pra reverter isso, ao meu ver só tem 3 saídas:
1 - Venda de patrimônios
2 - Pedir concordata
3 - Privatizar alguns poços
2ª opção, não sei se possível, pois trata-se de economia mista.
3ª opção, os ptralhas odeiam a idéia, então só sobra a 1ª opção.

É certo que é necessário tomar alguma providencia o mais rápido possível, como todos sabem, o barco vem fazendo água há muito tempo e já estar no limite.  

Vejam informações relevantes no link abaixo e vejam porque é necessário baixar os preços.
http://maringa.odiario.com/economia/2016/04/associacao-protocola-denuncia-contra-petrobras-sobre-preco-de-combustiveis/2123863/


sexta-feira, 11 de março de 2016

20 DIREITOS QUE NÓS CONSUMIDORES PRECISAMOS SABER


20 direitos que os consumidores têm, mas podem não saber
Você tem certeza de que conhece bem os direitos por lei concedidos a você?

1 - Nome deve ser limpo até cinco dias após pagamento da dívida

Uma decisão da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que, depois que o consumidor paga uma dívida atrasada, o nome dele deve ser retirado dos órgãos de proteção ao crédito em no máximo cinco dias. O prazo deve ser contado a partir da data de pagamento;

2 - Construtora deve pagar indenização por atraso em obra

Os órgãos de defesa do consumidor entendem que a construtora deve indenizar o consumidor em caso de atraso na entrega do imóvel, diz Maria Inês Dolci, da Proteste. Algumas empresas, ao perceberem que a obra vai atrasar, têm por hábito já oferecer um acordo ao consumidor antecipadamente. O melhor, porém, é procurar orientação para saber se o acordo oferecido é interessante;

3 - Bancos devem oferecer serviços gratuitos

O consumidor não é obrigado a contratar um pacote de serviços no banco. Isso porque as instituições financeiras são obrigadas a oferecer uma quantidade mínima de serviços gratuitamente, como o fornecimento do cartão de débito, a realização de até quatro saques e duas transferências por mês e o fornecimento de até dois extratos e dez folhas de cheque mensais;

4 - Não existe valor mínimo para compra com cartão

A loja não pode exigir um valor mínimo para o consumidor pagar a compra com cartão. Segundo o Idec e o Procon, se a loja aceita cartão como meio de pagamento, deve aceitá-lo para qualquer valor nas compras à vista. A compra com o cartão de crédito, se não for parcelada, é considerada pagamento à vista. Cobrar mais de quem paga com cartão de crédito fere o inciso V do artigo 39 do CDC (Código de Defesa do Consumidor), que classifica como prática abusiva exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva;

5 - Você pode desistir de compras feitas pela internet

Quem faz compras pela internet e pelo telefone pode desistir da operação, seja por qual motivo for, sem custo nenhum, em até sete dias corridos. "A contagem do prazo inicia-se a partir do dia imediatamente posterior à contratação ou recebimento do produto", diz o Procon de São Paulo. A regra está no artigo 49 do CDC. A contagem não é interrompida nos finais de semana ou feriados;

- Você pode suspender serviços sem custo

O consumidor tem o direito de suspender, uma vez por ano, serviços de TV a cabo, telefone fixo e celular, água e luz sem custo. No caso do telefone e da TV, a suspensão pode ser por até 120 dias; no caso da luz e da água, não existe prazo máximo, mas depois o cliente precisará pagar pela religação, diz Maria Inês Dolci, da Proteste;

7 - Cobrança indevida deve ser devolvida em dobro

Quem é alvo de alguma cobrança indevida pode exigir que o valor pago a mais seja devolvido em dobro e corrigido. A regra consta do artigo 42 do CDC. Se a conta de telefone foi de R$ 150, por exemplo, mas o cliente percebeu que o correto seriam R$ 100, ele tem direito de receber de volta não só os R$ 50 pagos a mais, e sim R$ 100 (o dobro) corrigidos;

8 - Você não precisa contratar seguro de cartão de crédito

As administradoras de cartão de crédito sempre tentam oferecer aos clientes seguros que protegem o consumidor contra perda e roubo. Órgãos de defesa do consumidor entendem, porém, que se o cartão for furtado e o cliente fizer o bloqueio, qualquer compra feita a partir dali será de responsabilidade da administradora, mesmo que ele não tenha o seguro;

9 - Quem compra imóvel não precisa contratar assessoria

Quando vai adquirir um imóvel na planta, o consumidor costuma ser cobrado pelo Sati (Serviço de Assessoria Técnico Imobiliária), uma assistência dada por advogados indicados pela imobiliária. Esta cobrança não é ilegal, mas também não é obrigatória. O contrato pode ser fechado mesmo sem a contratação da assessoria;

10 - Passagens de ônibus têm validade de um ano

As passagens de ônibus, mesmo com data e horário marcados, têm validade de um ano, de acordo com a da Lei nº 11.975, de 7/6/2009. Caso não consiga fazer a viagem na data marcada, o passageiro deve comunicar a empresa com até três horas de antecedência. Depois, poderá usar o bilhete em outra viagem, sem custos adicionais (mesmo se houver aumento de tarifa);

11 - Se o consumidor desistir de um curso, tem direito a receber o valor das mensalidades pagas antecipadamente

Se houver desistência, as parcelas pagas referentes aos meses que não serão cursados deverão ser devolvidas. Porém, não há a obrigação do curso devolver o valor pago pelo material didático. O Idec considera abusiva qualquer cláusula contratual que estabeleça a não devolução do valor pago. No entanto, a escola pode cobrar multa, desde que isso esteja previsto no contrato, e que o valor fixado não seja abusivo. Por lei, o limite para multa com cancelamento de contrato é de 10%;

12 - Doador de sangue tem direito a meia entrada

Doadores de sangue registrados em hemocentro e bancos de sangue de hospitais dos estados Paraná (Lei Estadual 13.964/2002), Espírito Santo (Lei Estadual 7.737/2004) e Mato Grosso do Sul (Lei Estadual nº 3.844/2010) têm direito à meia-entrada, pagando assim a metade do valor estipulado ao público geral para o ingresso a espetáculos culturais, eventos esportivos, cinemas, exposições, entre outros;

13 - Toda loja deve expor preços e informações dos produtos

Artigo 6, parágrafo terceiro do CDC: a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade, tributos incidentes e preço, bem como sobre os riscos que apresentem;

14 - Se a ligação do celular for interrompida, você pode repeti-la em até 120 segundos

Resolução nº 604, de 27 de novembro de 2012, aprova alteração no Regulamento do Serviço Móvel Pessoal (SMP) para que chamadas sucessivas feitas de celular para um mesmo número sejam consideradas uma única ligação para efeitos de tarifação. Para serem consideradas sucessivas, as chamadas deverão ser refeitas no intervalo máximo de 120 segundos entre os mesmos números de origem e de destino;

15 - O fornecedor deve responder por defeitos de fabricação – até mesmo fora do período de garantia

Segundo o CDC, os fornecedores respondem pelos defeitos de qualidade ou quantidade que tornem produtos inadequados ao consumo ou diminuam seu valor. E não adianta dizer que não sabia de nada: o fato do fornecedor desconhecer o erro não o exime da responsabilidade. Tampouco é possível escapar da obrigação por meio de cláusulas em letrinhas miúdas – a lei proíbe que o contrato atenue ou exonere o fornecedor de responder pelo problema. Quando se tratam de problemas aparentes (ou facilmente perceptíveis) em serviços ou produtos não duráveis, o consumidor tem até 30 dias para fazer sua reclamação. No caso dos duráveis, esse prazo é de até 90 dias. A situação se torna mais polêmica quando se trata dos chamados “vícios ocultos”, ou seja, defeitos que não são facilmente identificados e podem demorar anos para se manifestarem. A lei deixa claro que o consumidor tem direito à reparação de falha oculta até o fim da vida útil do produto e não apenas durante o período de garantia. O prazo para reclamação começa a contar a partir do momento em que o defeito de fabricação foi notado;

16 - Em nenhuma hipótese o cliente pode ser forçado ao pagamento de multa por perda de comanda

Essa prática é ilegal e o consumidor deve pagar apenas o valor daquilo que consumiu. É importante salientar que o controle do consumo realizado nesses estabelecimentos é de inteira responsabilidade do próprio estabelecimento, não dos clientes. Portanto, além da comanda entregue ao consumidor, é necessário que o recinto mantenha outro tipo de controle do consumo como um sistema informatizado de cartões magnéticos. Essa obrigação não pode ser transferida ao consumidor, logo, se o estabelecimento não possui essa segunda alternativa de controle, não pode impor ao consumidor qualquer taxa ou multa pela perda da comanda;

17 - Taxa de 10% não é obrigatória

A taxa de 10 % ou a gorjeta do garçom é uma forma que muitos estabelecimentos utilizam para bonificar o profissional pela atenção dada e pelo serviço bem prestado. É uma liberalidade, ou seja o consumidor pode optar por pagar ou não. Essa taxa deve ser informada prévia e adequadamente, com o devido valor discriminado na conta e a indicação de que a cobrança é opcional ao cliente. Contudo, é prática usual os recintos comercias não informarem sobre a taxa, e até mesmo informarem que o pagamento é obrigatório;

18 - Consumação mínima é uma prática abusiva

Infelizmente a cobrança da chamada “consumação mínima” é uma prática corriqueira. Mas isso não a torna lícita, pelo contrário, configura-se uma prática abusiva. Segundo o CDC, em seu artigo 39, inciso I, é vedado o fornecimento de produto ou serviço condicionado à compra de outro produto ou serviço, o que normalmente é chamada venda casada. Nestes termos, é abusivo e ilegal um estabelecimento obrigar a alguém consumir, seja em bebida ou em comida, um valor mínimo, exigido previamente como condição de entrada/permanência no estabelecimento, ou então, exigir o pagamento mesmo sem ter consumido qualquer produto;

19 - Todos nós temos os seguintes direitos, sem precisar pagar nenhum dinheiro por eles:

A. De fazer um pedido ao juiz, ao governador, ao prefeito, ao deputado, ao vereador, ou a qualquer tipo de autoridade, para defender nossos direitos ou para ir contra bandalheiras ou contra abusos de quem tem poder; B. De retirar certidões em repartições públicas, para a defesa de direitos e esclarecimento de situações de interesse de cada um;

20 - Sua opinião não confere o direito de agressão por parte de um terceiro

Ninguém pode ser molestado por suas opiniões, incluindo opiniões religiosas, desde que sua manifestação não perturbe a ordem pública estabelecida pela lei.
Cada um de nós tem o direito de viver, de ser livre, de ter sua casa, de ser respeitado como pessoa, de não ter medo, de não ser discriminado por causa de seu sexo, de sua cor, de sua idade, de seu trabalho, da cidade de onde veio, da situação financeira.

Fonte: http://laurochammacorreia.jusbrasil.com.br/noticias/313340934/20-direitos-que-os-consumidores-tem-mas-podem-nao-saber?utm_campaign=newsletter-daily_20160311_2977&utm_medium=email&utm_source=newsletter