terça-feira, 20 de junho de 2017

O FUTURO EM TRANSPORTES CHEGOU!!!

Tecnologias inovadoras em transportes

Certamente os últimos anos, em especial 2016 não serão esquecidos. Trump presidente, impeachment no Brasil, acordo de paz na Colômbia, o inédito segundo ano consecutivo de recessão e a entrada em vigor do Acordo do Clima de Paris são marcos significativos. Mas é possível que lembremos como o período em que aconteceu a maior revolução dos transportes desde o início da fabricação de veículos de motor a combustão e a invenção do avião, no começo do século passado.
No apagar das luzes de 2015, a SpaceX do grupo Tesla conseguiu pousar em pé, na Terra, o primeiro estágio do foguete Falcon 9 numa missão comercial que lançou seis satélites. Nos meses seguintes repetiu a façanha de forma mais fantástica, pousando um foguete em uma barca flutuando no oceano. Em 2017 mais uma façanha com o reuso do primeiro estágio e prevendo o relançamento em 24hs. A recuperação dos foguetes lançados no espaço é o primeiro passo para reduzir os custos de missões espaciais.
Em 2015 a inauguração da duplicação do canal de Suez e 2016 o aumento capacidade do canal do Panamá são marcos para o transporte marítimo internacional.
Em 2016, ultrapassou-se a marca de 1 milhão de veículos elétricos em circulação no mundo, o dobro de 2014. As vendas desses carros podem atingir 1% do mercado global. Na China representam 2%, e na Noruega 50%. Na Alemanha a Meta 2017-2020 é de aumentar de 50 mil para 1 milhão de carros elétricos através de incentivos fiscais. Na Alemanha, Noruega, Holanda, Suécia as novas legislações preveem o fim das vendas de modelos a combustão na próxima década.
Todos os maiores fabricantes de automóveis apresentaram planos concretos nessa direção, incluindo a Ford, a Volkswagen, Toyota e GM. A BMW promete parar de produzir veículos a combustão até 2025. A pioneira Tesla, uma espécie de Apple dos transportes, lançou seu modelo de custo reduzido e produção em grande escala. Vendeu mais de meio milhão de veículos um ano antes do início da fabricação.
A China, que dobrou o número de fabricantes de veículos elétricos, já superou 200 fábricas e lançou seu plano de metas para expansão dessa frota. Em 2025, o país planeja vender 3 milhões de carros elétricos por ano no mercado interno e se tornar o maior produtor mundial. A julgar pelo que fez no setor de energia solar e eólica, esses números serão batidos, e com muita antecedência.
A Gigafábrica da Tesla, que produzirá mais baterias do que todas as demais fábricas do mundo juntas entrou em produção, e o custo das baterias deve cair abaixo de US$ 150 por quilowatt (era de US$ 600, em 2010), o que tornará possível equiparar o preço dos carros elétricos aos de motor a combustão.
O desenvolvimento de veículos autônomos deu um enorme salto em 2016. A Tesla surpreendeu o mundo quando anunciou que todos os seus carros possuem o hardware para direção autônoma nível 5 (ou seja, full autonomy) e que, em dois anos, os softwares estarão seguros para liberar a funcionalidade. Na Filadélfia, a primeira frota de Uber autônomo já começou a circular, assim como os primeiros ônibus autônomos em Helsinque e a primeira frota autônoma de caminhões de carga nos EUA, com a startup Otto.
Idealizado por Elon Musk CEO da Tesla o Hyperloop, sistema de transporte ultrarrápido (mais de 1.000 km/h) que usa cápsulas em tubos de semi vácuo e 100% de energia renovável – começou a sair do papel em testes na estado de Nevada e o primeiro teste em escala real está previsto para o final de 2017.
O desenvolvimento de taxis aéreos autônomos elétricos tomou forma por mais de 7 empresas salientando a chinesa Ehang 184 em 2015 a japonesa Toyota e a Alemã Lilium em 2017.
Dubai pretende ser conhecida como a cidade do transporte do amanhã com o anuncio em 2016 da compra de 200 Teslas autônomos, a operação de taxis aéreos autônomos elétricos da Ehang e do com o primeiro projeto comercial do Hyperloop para 2020, que ligará Abu Dabi a Dubai em 12 minutos (são duas horas de carro).
Em 2007, o lançamento do iPhone marcou a revolução do sistema de telefonia e comunicação. Para o setor de transporte e mobilidade a revolução é agora.

fonte: Miguelangelo Geimba de Lima 
                  Phd at Ita, MSc at FGV/Ebape, Engineer at UFSM

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016



A nova Portaria 1.109/2016, publicada no dia 22 de setembro, do Ministério do Trabalho atualiza as obrigações das revendas em relação aos frentistas e a equipamentos e uma delas é a necessidade de equipamento eletrônico de medição.
Prazo limite: 21 de março de 2017 (seis meses)
Para atender essa portaria, estamos lançando no mercado, um sistema revolucionário de medição eletrônica de combustíveis, permitindo acompanhamento do estoque 24 horas, através de computadores, celulares ou tablets, no conforto da sua casa, escritório ou em deslocamentos.

Agora os revendedores terão uma ferramenta que os deixará tranquilos quanto a segurança em seu patrimônio maior que é os COMBUSTÍVEIS, representando mais de 95% de seu faturamento.

Descriminamos ao lado alguns recursos que serão, doravante, monitorados, podendo seguramente fazer o auditoria por ocasião do pedido à distribuidora com o que efetivamente foi descarregado, além de informar se os produtos estão com a densidade dentro das conformidades.

TEMOS SISTEMA PARA CONTROLE DE TANQUES ESTACIONÁRIOS PARA EMPRESAS CONSUMIDORA FINAL, TRANSPORTADORAS, ÔNIBUS, ETC

Em breve lançaremos um mecanismo que transformará quaisquer bomba mecânica em eletrônica com controle, via wifi, rádio, gprs., podendo ser monitorada, via celulares em tempo real. 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ELIMINE O ROUBO DE COMBUSTÍVEL EM TANQUES ESTACIONÁRIOS!!!

Sr Empresário/Gestor


Combustíveis representa no custo variável de uma transportadora em entre 60 a 70%, esse insumo precioso é deficientemente controlado por maioria da empresas frotistas, muitas vezes feito manualmente. 

Os tanques estacionários das empresas são por via de regra longe do escritório ou alguns em obras, longe da vista dos gestores, ficando nas mãos de bombeiros ou motoristas.

Pensando nisso e para solucionar de uma vez essa anomalia, estamos lançando no mercado cearense, um sistema revolucionário de controle, podendo ter acompanhamento até pelo celular no conforto do seu escritório.

Nosso sistema permite controle em tempo real, confere o recebimento se estar de acordo com o que realmente foi comprador e pago e ainda informa, se houver alterações químicas, injeção de líquidos contaminado e água.
Segue em anexo apresentação institucional e caso necessite de melhores informações, estaremos disponível com agendamento de visita ou conferece call via skype.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

TECNOLOGIA NA CONSTRUÇÃO DE CASAS, PRÉDIOS, GALPÕES...

Srs Construtores/Arquitetos, empresários do ramo


Quando se pensa em construir ou reformar, relutamos pelos seguintes obstáculos: mão de obra escassa e cara, demora na execução, desperdício de materiais, tudo isso, impacta sobremaneira no custo final da obra, os cálculos dos especialistas remete a aproximadamente 40% do orçamento inicial.

Comunico com prazer e satisfação que a F2 Express e a Blok vai disponibilizar para o mercado cearense, o sistema construtivo Blok, última palavra em tecnologia para construção civil, para se ter uma pequena ideia com 02 operários montadores finalizamos uma obra de 100 m2 entre 20 a 30 dias com total qualidade e segurança. já devidamente reconhecido pelo Ministério das cidades e essa tecnologia possui aprovações de diversos órgãos reguladores, podendo ser aplicado no projeto minha casa, minha vida, entre outros, financiados pela CEF.

O sistema construtivo Blok dispensa mão de obra especializada, a conclusão da obra é 60% mais rápida e o desperdício de material é próximo a zero. Inacreditável mas é a mais pura verdade, vide vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=ZghlPTY8VIg
(caso o link não apareça na cor azul, copie e cole no seu navegador)

O sistema construtivo Blok possui tecnologia embarcada, utiliza paredes adensadas, eliminando as pesadas fundações e os ultrapassados tijolos, o EPS proporciona isolamento térmico e acústico, reduzindo entre 18 a 22º a temperatura interna, além de suportar abalos sísmicos e contra fogo. Não é aplicado madeiramento com isso não agredimos ao meio ambiente, se tornando ecologicamente correta, entre inúmeras outras vantagens.

Melhores informações acesse ao site: http://www.blok.ind.br/site/ ou através dos fones: 85 3271.1498 - 85 98971.5556(whatsapp) ou skype: f2express - estudamos parcerias.



quinta-feira, 10 de novembro de 2016

BRASIL É O 4º PAÍS MAIS CORRUPTO DO MUNDO!!!


O Brasil é a 4º nação mais corrupto do Mundo, está atrás apenas do Chade, da Bolívia e da Venezuela, que lidera o ranking. A corrupção é um dos elementos que a organização suíça inclui em seu índice anual de competitividade, baseado em uma pesquisa com 15.000 líderes empresariais de 141 economias do mundo.



As três perguntas feitas a esses executivos foram: “O quanto é comum o desvio de fundos públicos para empresas ou grupos?”; “Como qualifica a ética dos políticos?”; e “O quanto é comum o suborno por parte das empresas?”. Em uma escala de um a sete, em que, quanto maior a nota, maior é a transparência, o Brasil recebeu 2,1, segundo análise publicada pela Business Insider. Em um estudo divulgado pela Transparência Internacional, no início do ano, o país ficou em 76º colocado em uma lista sobre a percepção de corrupção do mundo entre 168 países.
Entre as 10 nações mais corruptas do ranking do Fórum Econômico Mundial, cinco são latino-americanas: Venezuela, à frente, com nota 1,7; Bolívia, com 2; Brasil e Paraguai, ambos com 2,1; e República Dominicana, com 2,2--, mas que não são membros da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o think tank a cujo pertencimento define a fronteira entre os países industrializados ou não.






AS NAÇÕES DESENVOLVIDAS MENOS TRANSPARENTES


Segundo o Foro Econômico Mundial, os países desenvolvidos com maiores índices de corrupção são:
1. México (2,5)
2. Eslováquia (2,7)
3. Itália (3,1)
4. Hungria (3,1)
5. Grécia (3,2)
6. República Tcheca (3,3)
7. Espanha (3,4)
8. Coreia do Sul (3,5)
9. Polônia (3,7)
10. Eslovênia (3,7)
(Fonte: BusinessInsider )

Um relatório do Fórum publicado em junho assinalava a corrupção como o maior problema que a América Latina precisa enfrentar, segundo seus líderes políticos e empresariais. Escândalos como o da Petrobras, no Brasil, as acusações contra a ex-presidenta da Argentina Cristina Kirchner e o suborno de que é acusado o ex-governante guatemalteco Otto Pérez-Molina mantiveram a região estagnada, nesse aspecto, em relação aos índices de 2014 e 2015.
O México aparece entre os primeiros lugares do mundo desenvolvido com o mais complexo e abrangente de seus problemas: a corrupção. O Fórum Econômico Mundial coloca o país como a décima-terceira nação mais corrupta do mundo. Mas, excluindo-se da lista os países menos industrializados, o México fica com a liderança. Segundo o Fórum, o fator que o eleva ao primeiro lugar é o crime organizado.
O caso do México, no entanto, parece ser o mais alarmante, por se tratar de uma economia mais avançada do que a dos demais países da região. No índice global de competitividade, ele ocupa o 51º lugar de um total de 138, tendo subido seis pontos graças a uma eficiência maior de seus mercados, e mantém uma longa série de fatores que assustam os investidores: a corrupção, o mais grave, é seguida pelo crime organizado e outros fatores administrativos como a ineficiência da burocracia e a política fiscal.
“A educação básica continua a ser uma fragilidade significativa para a sua competitividade se comparada a outros líderes regionais e mundiais, além do fato de que a qualidade institucional recuou. A economia mexicana foi atingida pela queda dos preços do petróleo, um comércio internacional fraco e a consequente queda na produção industrial”, assinala o Foro em seu texto sobre o México.

Crise ambiental urbana

A corrupção nesse país latino-americano não apenas afeta negativamente a possibilidade de realização de negócios, de acordo com o índice, mas também atinge o seu meio ambiente. Em março, a capital mexicana passou pela sua pior crise ambiental em 14 anos: a poluição do ar subiu a níveis perigosos para a saúde da população e o Governo local aplicou um polêmico programa para reduzir imediatamente o nível de partículas tóxicas.
Em relatório publicado em maio, o próprio Fórum relatava uma série de práticas que frustram as tentativas realizadas de melhorar a qualidade do ar: subornos nos centros de verificação veicular; transportes públicos sob controle privado, o que fragiliza a fiscalização; e “malversação de fundos na nova linha do metrô da Cidade do México, inaugurada em 2012 e fechada pouco depois devido a falhas estruturais.
Fonte: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/03/internacional/1475517627_935822.html?0p19G=c

terça-feira, 8 de novembro de 2016

GASOLINA CAI 3.1%¨E DIESEL 10,4% - MOTIVO: IMPORTAÇÃO A PREÇOS BAIXOS

Petrobras informou nesta terça-feira (8) que decidiu baixar novamente o preço dos combustíveis nas refinarias para que fiquem mais alinhados com os preços no exterior. A gasolina ficará 3,1% mais barata, em média, e o óleo diesel, 10,4%. 
A mudança é no preço das refinarias, o que significa que o preço final para o consumidor pode não cair, necessariamente, na mesma proporção. 
Se esse reajuste for repassado ao consumidor integralmente, a gasolina pode cair 1,3% ou R$ 0,05 por litro e o diesel, 6,6% ou cerca de R$ 0,20 por litro, calcula a estatal.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

COMBUSTÍVEL ROUBADO... COMO EVITAR ESSE CÂNCER NA MINHA EMPRESA?

Srs Transportadores

Finalmente chegou uma ferramenta certa para controlar a quantidade de líquidos dos seus caminhões em tempo real. Agora sua empresa terá como controlar no computador, celular, tablet, do conforto do escritório, residencia, posto de combustível, base de petróleo, etc.
monitorando desde o abastecimento até a entrega ou seja, é a mesma coisa de você tá dentro do caminhão.

Nossa sonda, robusta, única em aço inox, envia dados via wi-fi, gprs ou satelital, quando instalada dentro dos tanques dos caminhões comboio fornecerá em tempo real a quantidade do líquido transportado, grau de temperatura, entre outros dados, independente se for gasolina, álcool, diesel, arla 32 ou até mesmo água.

Todos sabemos que existem maus profissionais em todos os segmentos e não é diferente na área de transportes de líquido, principalmente por esses terem seus valores agregados extremamente expressivos. Nossa malha rodoviária estar repleta de postos clandestinos, comprando e adulterando produtos, isso é fato. vide diversas reportagem nos links abaixo:
http://f2expressconsultoria.blogspot.com.br/2015/03/mais-de-160-pontos-de-venda-ilegal.html
http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2016/06/deic-desarticula-quadrilha-que-vendia-combustivel-roubado-e-adulterado-em-piracicaba.html
http://g1.globo.com/ceara/noticia/2016/06/trio-preso-no-ce-e-suspeito-de-furtar-gasolina-e-vender-o-litro-por-r-250.html

Nossa solução eliminará definitivamente roubos desvios ou adulteração, pois informará em tempo real informações de movimentação do líquido nos deslocamentos, com isso proporcionará um aumento substancial nos lucros da sua empresa, além do diferencial perante a concorrência, no que diz respeito a segurança que o produto transportado terá um selo de inviolabilidade.

Informações adicionais: fcomorais.sp@gmail.com - skype: f2express - 85 98971.5556 (Whastappp)